Bombeiros da Disney estariam trabalhando no limite e podem ser insuficientes com novas atrações

bombeiros-disney-reedy-creek.JPG

As novidades que chegarão à Disney num futuro próximo incluem um teleférico, uma área temática de Star Wars, entre outras atrações e hotéis. Essa expansão, porém, está levando preocupações entre os que atendem às chamadas de emergência na propriedade da Disney.

A afirmação foi feita por Tim Stromsnes, presidente da Reedy Creek Firefighters Association. Ele argumenta que não há bombeiros suficientes no resort em expansão, especialmente com o aumento de público que as novidades atrairão. “Estamos no limite”, disse Stromsnes. “Eles estão nos pedindo para fazer mais com menos”.

“Por que estamos fazendo um desserviço aos visitantes, aos turistas que vêm para a Disney e não lhes dando uma quantidade adequada de bombeiros para realizar essas operações? Nós não temos bombeiros suficientes para dar-lhes segurança”.

A porta-voz da Disney Andrea Finger e o administrador do Reedy Creek Improvement District, John Classe, discordam. Finger disse que a segurança dos visitantes e funcionários é, e sempre será, o foco principal da operação nos parques e hotéis. Classe afirmou estar confiante de que o Reedy Creek fornece níveis adequados de serviços. Ele acusou o líder sindical de tentar negociar seu atual acordo coletivo de trabalho na mídia. Os dois lados têm um relacionamento conflituoso sobre contratos há anos.

Stromsnes expressou preocupação pelo fato que o Reedy Creek adicionou mais equipamentos, mas não adicionou mais mão de obra para quando as 300 cabines de teleférico começarem a funcionar. Se um problema acontecer, elas podem estar a até 18 metros de altura ou parar sobre a água.

O Reedy Creek gastou US$1,4 milhão em equipamentos e um caminhão que pode alcançar até 35 metros de altura e outro caminhão por cerca de US$840.000 que pode atingir mais de 50 metros de altura, disse Classe. Os bombeiros também poderão acessar as cabines em um lago ao longo da rota usando uma barca comprada pela Disney.

O treinamento no novo equipamento começou em abril, com os socorristas registrando mais de 2.500 horas até agora. Mas em vez de contratar mais pessoas, os bombeiros que já estão em serviço devem conciliar os chamados regulares com os relativos a esses equipamentos, disse Stromsnes.

Pelo menos 32 bombeiros estão de plantão em tempo integral, nível mínimo de efetivo em vigor desde 2014, disse Stromsnes. Classe acrescentou que há também dois chefes de batalhão e um comandante de turno de plantão. A equipe é composta de 138 bombeiros em geral.

Os bombeiros recebem chamados para ajudar pessoas com deficiência a evacuar quando uma atração quebra, um acidente de carro ou quando alguém é ferido, além de casos de incêndio. Na maioria das vezes, eles lidam com chamadas médicas.

Reedy Creek, o quase-governo do Walt Disney World Resort, foi formado pelo estado a pedido da Disney em 1967, lida com as necessidades de infraestrutura do resort, como construir estradas e contratar serviços de emergência.

Fonte: Orlando Sentinel
Foto: reedycreek.org

Anúncios

Obrigado por OrlandObservar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s