5 coisas que quase entraram em Procurando Dory

Host_TankGang-e1436564296921.jpg

Como em todos os filmes da Disney • Pixar, artistas e cineastas passaram por inúmeras tentativas no caminho para a finalização de Procurando Dory, e até mesmo ideias descartadas têm uma maneira de alimentar (e melhorar) o produto final. Enquanto é incrível pensar sobre tudo o que está incluído no filme, desde as piadas visuais até os personagens coloridos da estória, vários momentos, personagens e piadas foram deixados no chão da sala de edição. Se você ainda não viu o filme, melhor voltar depois!

1. A turma do aquário

Uma sequência abandonada do filme é a que Marlin e Nemo se deparam com a Turma do Aquário, um desajustado grupo de peixes que viveu no aquário do dentista em Procurando Nemo. A cena teria ocorrido logo antes de sermos apresentados ao Instituto de Vida Marinha (após o encontro assustador com a lula gigante), e teria colocado o filme em uma trajetória totalmente diferente, com a Turma do Aquário ajudando Marlin e Nemo em sua busca para encontrar Dory (para eles a ajudarem a encontrar sua família). Depois houve uma sequência em que a Turma do Aquário, Marlin e Nemo pegavam uma carona em peixes-voadores. Mas o que aconteceu com a Turma do Aquário? O co-escritor/diretor Andrew Stanton disse que foi uma subtrama que ele adorou, mas teve que admitir que não ajudou o enredo de Dory, por isso foi cortada. Essas cenas poderão ser vistas quando o DVD do filme for lançado.

2. Golfinhos

O filme apresentaria um bando de golfinhos grisalhos, como veteranos de guerra trocando histórias um tempo depois. Os cineastas pensaram que seria engraçado ouvir golfinhos prejudicados por causa dos horríveis exercícios da Marinha pelos quais já passaram. Eles falavam muito alto e eram muito engraçados. O enredo mudou e não havia nenhuma razão para que eles permanecessem.

3. Hank bebendo molho de pimenta

Dory-and-Hank-in-Finding-Dory.jpg

No início de Procurando Dory, o polvo rabugento Hank bebe uma jarra inteira de café e, em seguida, usa essa jarra para tirar Dory de um tanque de quarentena. Mas há inúmeras imagens criadas com Hank bebendo molho de pimenta. Muito molho de pimenta. A ideia era transmitir um arquétipo sem ter que ir para o mundo do álcool de alguém que estava tentando ignorar a humanidade ou ignorar a sociedade. É como se ele fosse se esconder atrás do molho de pimenta e afogar as mágoas, raiva e outras coisas. Mas nem todo mundo comprou a ideia. Houve inclusive receio de que as crianças começassem a dar molho de pimenta para os polvos.

4. Os pais de Dory tinham problema de memória também

Se você já se perguntou se a perda de memória de Dory era hereditária, era… até certo ponto. Uma versão anterior de Procurando Dory tinha os pais de Dory sofrendo de um problema parecido. Em um determinado momento, havia uma versão em que os pais de Dory, Jenny e Charlie, sofriam de perda de memória recente, e por causa disso, eles se esqueceram de Dory. No entanto, os cineastas logo perceberam que era difícil ser solidário com os pais que se esqueceram de seu filho. Mas isso não foi a única razão pela qual este elemento particular foi descartado. O outro motivo foi porque tornou-se difícil manter a dinâmica da estória quando tantos personagens sofriam do mesmo problema.

5. A lontra 101 e as lontras McConaughey

Otters-Blog-Header.jpg

Há lontras na versão final do filme que são algumas das criaturas mais fofas que a Disney • Pixar já criou. Mas eles estavam no filme de forma muito diferente no início da produção. Havia uma ótima versão engraçada de uma lontra chamada 101 que tinha sido recém-liberada e esse era o número de sua etiqueta. Esse número, nos EUA, significa algo em seu nível básico, iniciante, e ela não sabia como ser uma lontra. Era uma pequena e ótima cena, mas ela esfriou o filme e roubou tempo necessário para usar com os leões-marinhos. Apesar de as lontras do filme serem silenciosas, elas chegaram a falar. Nem todas, mas alguns falavam. Essa ideia estranha surgiu quando a 101 foi libertada para vida selvagem sem experiência e as outras eram habitantes do local. Elas diziam ‘All right, all right, all right’, como Matthew McConaughey e, apesar de muito engraçado, todo mundo achou estranho.

Fonte: Oh My Disney

Anúncios

Obrigado por OrlandObservar!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s